"HIMBAS: beleza e tradição"

 

“A beleza é, genericamente, definida como a qualidade do que é belo ou agradável, ou seja, é um valor estético subjetivo e abstrato, que é percepcionado por cada um de nós.

Esta percepção está, normalmente, enquadrada pelos critérios que cada sociedade estabelece como padrão de beleza e que variam em função do contexto histórico, social e cultural em que o indivíduo está inserido. Podemos dizer que, em cada sociedade, existe uma representação social de beleza, que no mundo global em que vivemos é em grande parte influenciada pelos meios de comunicação e cada vez mais estereotipada. 

No entanto, isto não impede que possamos encontrar beleza no que é diferente. Os Himbas são um exemplo disso, sobretudo as mulheres com a forma peculiar como cuidam do seu corpo, como se vestem e os adornos que usam.

No noroeste da Namíbia, região do Kunene (Kaokoveld), podemos...

CONTINUA

1/14